Sebrae Acesse o Portal Sebrae
Você está na ASN

Agência Sebrae de Notícias

ASN PR 29/06/22 às 15:43 Atualização 29/06/22 às 15:44
Compartilhe

Sistema Regional de Inovação do Norte Pioneiro rende o Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor em nível nacional

Por Redação
ASN PR 29/06/22 às 15:43 Atualização 29/06/22 às 15:44
Compartilhe

Na noite desta terça-feira (28), o Paraná foi um dos destaques da etapa nacional do XI Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor, na sede do Sebrae Nacional, em Brasília. Isso porque, dentre os 182 prefeitos e prefeitas que estavam na disputa nacional, o projeto “Sistema Regional de Inovação do Norte Pioneiro do Paraná” venceu na categoria Governança Regional e Cooperação Intermunicipal.

O ecossistema reúne diversos atores, entre instituições de ensino e pesquisa, empresas, cooperativas, startups e Poder Público, e foi representado pelo prefeito de Jacarezinho, Marcelo Palhares. Segundo ele, o título demonstra o reconhecimento por uma iniciativa coletiva que visa a potencialização do Norte Pioneiro e o fomento às iniciativas inovadoras da região.

“É um trabalho que vem sendo desenvolvido em conjunto com vários municípios e o Prêmio demonstra que estamos no caminho certo. Acredito que isso é resultado da união em prol da inovação regional e, também, da colaboração de todos os atores envolvidos nesse ecossistema”, destacou Marcelo Palhares.

Vitor Roberto Tioqueta, diretor-superintendente do Sebrae Paraná, enalteceu o projeto vencedor, reconhecendo, também, as outras oito iniciativas paranaenses que chegaram até a final.

“O Paraná se destacou mais uma vez. Disputamos em todas as categorias e o Prêmio é a consolidação de muito trabalho e visão dos gestores públicos. Parabenizo o projeto do ecossistema, que uniu vários municípios em prol de uma pauta positiva e que avançou muito por conta da dedicação de todos”, enalteceu Vitor.

Jacarezinho levou o prêmio pela segunda vez (a primeira foi em 2012) e entra na seleta lista de projetos paranaenses que venceram o PSPE, nacionalmente, desde a primeira edição com Guarapuava, Carlópolis, Ponta Grossa, Santa Helena, Munhoz de Mello, Laranjeiras do Sul, Bom Sucesso do Sul e Cascavel.

O diretor de Operações do Sebrae Paraná, Julio Cezar Agostini, também parabenizou o projeto vencedor. Segundo ele, o resultado demonstra que o modelo do norte pioneiro pode servir como inspiração para outras regiões Brasil afora.

“O Prêmio é uma grande vitrine de boas iniciativas em prol dos pequenos negócios. A categoria congregou projetos avançados no que diz respeito à colaboração, cooperação e união entre Poder Público e comunidade empresarial. Esperamos que o projeto sirva como modelo para outras regiões e seja replicado de modo a expandir essa contribuição inovadora nos municípios”, enfatizou.

Segundo o vice-governador do Paraná, Darci Piana, o resultado deixa ainda mais clara a posição de vanguarda do estado, que vem se destacando ano após ano no Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor.

“O projeto do norte pioneiro é inovador e mostra não só o resultado do esforço regional, mas também uma vocação paranaense, que é de cooperação e trabalho em conjunto. De forma geral, todos os projetos inscritos tiveram seus méritos, mas é sempre muito bom ver que o Paraná está avançando cada vez mais, se destacando e mostrando aos demais Estados o que temos de melhor”, celebrou.

O município de Jacarezinho, norte paranaense, recebeu o Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor na categoria “Governança Regional e Cooperação Intermunicipal”, com o projeto “Sistema Regional de Inovação do Norte Pioneiro”.

O projeto envolve os municípios de Jacarezinho, Santo Antônio da Platina, Cambará, Bandeirantes, Andirá, Carlópolis, Ibaiti, Joaquim Távora, Ribeirão Claro, Siqueira Campos e Wenceslau Braz, e tem o apoio de instituições que integram o SRI.

O SRINP – Sistema Regional de Inovação do Norte Pioneiro do Paraná tem como um dos focos a ampliação da cultura da inovação e empreendedorismo, por isso, trabalha com ações de médio e longo prazos que não são próprias de governos específicos, mas a base estratégica para futuras gestões e parceiros. Até 2016, mal se falava em inovação na região e a maioria das pessoas nem sabia o que era uma startup.

No ano passado, a inovação esteve entre os três temas mais procurados pelos cerca de 11 mil empreendedores atendidos pelo Sebrae Paraná na região. A rede de atendimento aos pequenos negócios do norte pioneiro é formada pelo Escritório do Sebrae Paraná em Jacarezinho, Ponto de Atendimento em Andirá e 26 Salas do Empreendedor. Em 2021, as salas localizadas nos 11 municípios que integram o SRI responderam por 86% do total de atendimentos realizados a empresas.

Projetos finalistas

Dentre os 199 projetos, de 182 prefeitos das 27 unidades federativas do País, que foram classificados para a etapa nacional do XI Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor, oito eram do Paraná, sendo eles: “Guaíra Desburocratizando o Desenvolvimento”, do prefeito Heraldo Trento, de Guaíra, na categoria Desburocratização; “Sistema Regional de Inovação do Norte Pioneiro”, do prefeito Marcelo Palhares, de Jacarezinho, na categoria Governança Regional e Cooperação Intermunicipal; “Projeto Compra Londrina: Estratégia de retomada econômica pós-Covid19”, do prefeito Marcelo Belinati, de Londrina, na categoria Compras Púlicas; “Tupãssi que me faz tão bem”, do prefeito Luiz Carlos Beletti, de Tupãssi, na categoria Marketing Territorial e Setores Econômicos; “FozDesenvolve”, do prefeito Chico Brasileiro, de Foz do Iguaçu, na categoria Cidade Empreendedora; “Empreendedores do futuro: cooperação, parceria e inovação”, do prefeito Fábio D’Alecio, de Ubiratã, na categoria Empreendedorismo na Escola; “Inova Guarapuava”, do prefeito Celso Fernando Góes, de Guarapuava, na categoria Inovação e Sustentabilidade, e “Sala do Empreendedor: inovação para incluir e desenvolver”, da prefeita Elizabeth Silveira Schimidt, de Ponta Grossa, na categoria Sala do Empreendedor.

Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor

O Programa, realizado pelo Sebrae, reconhece gestores de todo o País que desenvolveram projetos com resultados comprovados no fomento aos pequenos negócios. Neste ano, o evento realizado em Brasília, na sede do Sebrae Nacional, marcou, também, os vinte anos da iniciativa e os 50 anos do Sebrae.

A XI edição bateu recordes de inscrições, com 1.615 projetos habilitados, de 1.327 municípios distintos das 27 unidades da federação. Do Paraná, estavam inscritos na etapa estadual 71 municípios, com 89 projetos. Ao todo, 20 foram finalistas e 8 selecionados para a etapa nacional.

Participaram do evento, em Brasília, o diretor de Administração e Finanças do Sebrae Paraná, José Gava Neto; o presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae Paraná, Fernando Moraes; o presidente da Confederação Nacional das Micro e Pequenas Empresas e Empreendedores Individuais (Conampe), Ercílio Santinoni, o presidente do Sebrae Nacional, Carlos Melles; dentre outras autoridades estaduais e federais.

A iniciativa tem a participação da Associação Brasileira de Municípios (ABM), Associação dos Tribunais de Contas (Atricon), CFC, Centro de Liderança Pública (CLP), Confederação Nacional da Indústria (CNI), Confederação Nacional do Municípios (CNM), Associação Nacional dos Membros do Ministério Público (Conamp), Conselho Nacional de Secretários de Estado da Administração (Consad), Fenacon, Frente Nacional dos Prefeitos (FNP), Fórum Permanente, Frente Parlamentar da Micro e Pequena Empresa, Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), do Instituto Rui Barbosa (IRB), do Observatório Social do Brasil (OBS). Também são parceiros do Prêmio o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e o Ministério da Economia por meio da Secretaria de Gestão e da Secretaria Especial de Produtividade, Emprego e Competitividade.

Sobre o Sebrae 50+50

Em 2022, o Sebrae celebra 50 anos de existência, com atividades em torno do tema “Construir o futuro é fazer história”. Denominado Projeto Sebrae 50+50, a iniciativa enfatiza os três pilares de atuação da instituição: promover a cultura empreendedora, aprimorar a gestão empresarial e desenvolver um ambiente de negócios saudável e inovador para os pequenos negócios no Brasil. Passado, presente e futuro estão em foco, mostrando a evolução desde a fundação em 1972 até os dias de hoje, com um olhar também para os novos desafios que virão para o empreendedorismo no país.

 

Compartilhe
Ficou com alguma dúvida ou tem sugestões? Entre em contato pelo [email protected] ou fale com a ASN em cada UF
Aviso de Cookies

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação.
Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.